E-commerce

Nova função E-commerce do Facebook

O Facebook anunciou no mês passado uma nova função para lojas em suas plataformas. A ferramenta anunciada como Facebook Shops mostra vantagens em relação aos sites móveis e promete facilidade e segurança para compra e venda online, qualificando a comunicação e serviços de e-commerce. A ideia é viabilizar a operação de mais de 160 milhões de negócios dos mais diversos portes e segmentos durante esse período de recessão global.

 

Crescimento e consolidação do E-commerce

Nos últimos anos, o conceito de e-commerce vem ganhando cada vez mais destaque como uma alternativa para um comércio mais amplo e tecnológico. O número de lojas virtuais vem crescendo e cada dia mais pessoas se rendem à facilidade das compras pela internet.

Nesse contexto de isolamento social devido à pandemia do coronavírus, houve um aumento de 81% no número de compras online em relação ao mesmo período do ano passado. A impossibilidade de circulação e o distanciamento social estão fortalecendo uma alternativa que pode, e provavelmente vai, estender-se após a pandemia. Além da comodidade, comprar pela internet traz ao consumidor uma gama muito maior de opções e possibilidades, além de poder adquirir produtos de qualquer lugar do mundo.

 

E-commerce x Marketplace

 O Facebook, assim como outras plataformas, já tinha um espaço para compra e venda. A aba Marketplace funciona como um shopping virtual onde vários perfis (comerciais e pessoais) anunciam os mais diversos produtos. O Facebook Shops, por sua vez, é uma ferramenta para e-commerce. Ou seja, comporta, individualmente, perfis de lojas virtuais, no qual é possível exibir catálogos, coleções e realizar vendas através de uma página exclusiva para sua marca.

 

Características e vantagens

 No site Facebook for Business, a companhia apontou as vantagens da ferramenta em relação a um site móvel de e-commerce.

Além de unificar os perfis da loja em todas as redes sociais, o Shops promete facilitar uma maior integração entre os produtos catalogados e sua apresentação online. Também é simples de configurar e usar, tem um carregamento mais rápido e funciona em escala global. As contas poderão ser vinculadas aos apps de comunicação instantânea (messenger e direct), possibilitando um melhor acompanhamento de entregas, atendimento e suporte aos clientes.

Na página, há um passo a passo de como criar a sua loja.

A princípio, o Facebook Shops será disponibilizado apenas nos Estados Unidos e a previsão é para que até o final do verão (que no hemisfério norte acontece no final de setembro), todos os usuários do país possam utilizar o recurso.

O Facebook não informou oficialmente quando a novidade chegará a outros países, mas estima-se que a expansão internacional seja rápida. A transição de perfis de lojas para a nova plataforma começou em 19 de maio e milhares de comerciantes e empresários já estão ansiosos para usar a ferramenta.

O projeto incluirá novas funções nos próximos meses, como um botão para compras em vídeos publicados no Facebook e lives do Instagram.

O Facebook Shops é mais uma prova de que o universo do e-commerce está se expandindo e consolidando cada vez mais. Muito embora a funcionalidade dessa estratégia venha pelas necessidades e limitações de um contexto caótico, há algum tempo, a internet vem propondo uma revolução nas estruturas comerciais. Acompanhar essa mudança, de forma consciente e estratégica, pode significar o sucesso e fortalecimento do seu negócio. Vale a pena apostar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *