Marketing de Conteúdo

Você sabe o que são landing pages?

Traduzida do inglês, a expressão landing page significa página de aterrissagem. É uma estratégia de marketing digital, também conhecida como página de conversão, onde todos os elementos são colocados estrategicamente para a conversão de usuário em lead. Todo o conteúdo dessas páginas é focado na oferta e descrição dinâmica de produtos, com o objetivo de engajar e envolver o leitor, afim de torná-lo cliente.

Considerando as etapas do funil de vendas, as landing pages costumam estar no meio, no momento de consideração sobre a compra. Isso porque essas páginas geralmente têm menos elementos e links do que a homepage de um site normal, pois são focadas em uma oferta mais direta, destacando os benefícios do produto e levando o usuário a visualizar uma solução.

Mas o que caracteriza “tecnicamente” uma landing page? Vejamos a seguir:

 

Texto:

 

Como o objetivo é chamar atenção para a funcionalidade do produto, os textos dessas páginas geralmente são menores, com foco no título e subtítulo. A ideia é que esses elementos transmitam de maneira clara e direta a sua oferta, para que o visitante seja instigado a continuar no site e saber mais.

 

Descrição:

Considerando que você terá uma linguagem mais dinâmica, é preciso tomar alguns cuidados na hora de descrever a sua oferta. É nesse momento que você irá vender a ideia e alinhar as expectativas. Seja objetivo (a) e foque nos benefícios do seu produto, não exclusivamente nas suas características. Porém, não se estenda muito. Use de 3 a 5 itens que resumam bem seu produto ou serviço. Se você sentir a necessidade de explicar melhor, busque recursos alternativos, como vídeos ou slides.

 

Imagens:

Assim como o vocabulário, imagens inadequadas podem “empobrecer” a mensagem e não incentivar o usuário a ler o conteúdo. Evite utilizar imagens muito genéricas, já muito pesquisadas nos bancos. Além disso, cuide para que a imagem reflita a sua oferta, para que seja coerente e crie um vínculo. É possível utilizar imagens dos produtos, mas cuide no tratamento para não vulgarizar a oferta, dando à página uma expressão de catálogo ou panfleto.

 

Formulários:

É nesse ponto que o objetivo principal das landing pages é atingido. Só é possível gerar um lead quando um usuário se interessa por um produto a ponto de se dispor a compartilhar informações com a empresa e a receber o seu contato. Por isso, o uso de formulários é essencial. Mas muito cuidado porque esse elemento também pode sabotar sua venda se for mal desenvolvido. Evite formulários muito longos e detalhados para não gerar desconfiança ou preguiça de responder. Solicite apenas as informações necessárias para que seu time de vendas possa fazer contato posterior. Procure também, de forma sútil, identificar o perfil do seu usuário, para adequar a abordagem para a venda.

As landing pages são ferramentas muito eficazes dentro do marketing digital, pois além de ter essa mensagem mais direta, são um canal de contato. É quando o usuário decide que você tem o que ele precisa e mostra a tão famosa intenção de compra. A partir daí a bola é jogada para o time de vendas fazer sua mágica e o sujeito não é mais só um usuário ou visitante, é um cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *